Servidores da assembleia legislativa promovem manifestação

Os servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) realizam durante toda está terça (01), uma manifestação para que o presidente do parlamento estadual, deputado Nicolau Júnior (PP) recebe-se uma comissão formada por servidores, uma vez que a categoria não acredita mais na representatividade do presidente do sindicato.

“O presidente do sindicato não tem legitimidade para representar a categoria, pois um dos beneficiados pela gestão. Desde 2005 nossas perdas salariais vem ocorrendo e fazem os pagamentos conforme a vontade deles, enquanto tem servidor que só não está passando maior dificuldades porque os colegas fazem cota para ajudar. A LDO foi aprovada e veio recurso para cá, mas não sabem dizer onde foi parar esse dinheiro. O resultado disso está ai com o afastamento dos servidores e comissionados pela justiça, assim como pela Policia Federal”, disse um servidor.

De acordo ainda com o relato dos servidores, a comissão composta por ele para dialogar com o presidente não é reconhecida por ele e por isso se nega em recebe-los.

Fizemos contato com a assessoria de comunicação da Aleac, que informou que o presidente estava em agenda do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e que ao voltar do compromisso, retornariam para nós. Mas até o fechamento desse material, não ocorreu nenhum retorno.

Tentamos contato com o presidente do sindicato Alberlandio para tentar falar a respeito da manifestação dos servidores, mas não nos atendeu. Caso ele queira se pronunciar, o espaço está aberto.

Segundo alguns dos manifestantes, sem qualquer diálogo com a categoria, transformaram o auxílio alimentação em auxilio saúde. Sem querer se identificar, um dos manifestantes disse que durante as investigações, tem servidor afastado e que só pela conta passou cerca de R$ 1 milhão.

Eles aguardam o decorrer das investigações e que o presidente Nicolau reconheça a legitimidade da comissão representativa para uma solução, enquanto isso irão promover o ato todos os dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − nove =