Câmara cobra comprometimento do prefeito de Rio Branco

O atual presidente da Câmara de Rio Branco, vereador N Lima (PP) desde que assumiu a mesa diretora, fez questão de enfatizar que não tinha liberdade para trabalhar na gestão da ex-prefeita Socorro Neri (PSB).

Mas desde que assumiu junto com o prefeito Tião Bocalom (PP) passou a sentir a indiferença do gestor e distanciamento da Casa do Povo.

Essa semana o presidente decidiu bater o pé e deixar claro ao prefeito que defina seu líder e bancada, pois essa falta de cumprimento do rito entre os poderes poderá prejudicar a gestão municipal.

“O prefeito precisa definir sua liderança para que possamos trabalhar as pautas que vem do executivo, assim como precisa dá o retorno das indicações e proposições dos vereadores. Essa falta de compromisso com o rito poderá prejudicar a prestação de serviço à comunidade”, disse Lima.

O não cumprimento do rito entre executivo e legislativo municipal já demonstrou a falta de habilidade da gestão que chegou a nomear pessoas para funções na gestão e perdeu o efeito por falta de cumprimento do rito entre os dois poderes, já que a prefeitura é obrigada a apresentar o nome e passar pela aprovação dos vereadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − quatro =