Policia Civil cumpre mandados em missão no Alto Rio Muru e prende estuprador

A Polícia Civil em Tarauacá terminou ao final da tarde desta sexta-feira, 2, missão de 52 horas no Alto Rio Muru e cumpriu vários mandados de prisão e mandados de intimações, por diversos crimes (Maria da Penha, lesão corporal, homicídio, estupros), além de cumprirem um mandado de prisão em desfavor de A. F. T. da C., 21 anos, vulgo “NEGO” acusado do crime de estupro de vulnerável.

A vítima, a própria irmã por parte de mãe, foi estuorada em 2019. Há época crianca tinha apenas 13 anos de idade e foi ameaçada por “Nego” com arma branca.

O delegado coordenador da regional Tarauacá/Envira, Valdinei Soares, agradece a Direção de Polícia Civil, através do Departamento de Policia Civil da Capital e do Interior (DPCI) pelo apoio necessário, além do excelente trabalho desenvolvido pelos policiais envolvidos, a qual durou três dias.

“Nenhuma dificuldade será empecilho para cumprirmos nossa missão de servir e proteger a sociedade”, ressalta Valdinei Soares.

O preso foi conduzido à delegacia do município para procedimento praxe e em seguida colocado à disposicao da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 13 =