Acusado de matar o próprio sobrinho e ameaçar testemunhas é preso pela Polícia Civil em Rodrigues Alves

Nas primeiras horas da manhã do último domingo, 02, a Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão contra um homem que matou o próprio sobrinho na comunidade Pavãozinho, zona rural do município de Rodrigues Alves. Diante da ciência do caso de homicídio, a Polícia Civil representou junto ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do suspeito, sendo decretada pela justiça.

A prisão em desfavor do nacional C.C.S., 28 anos, que matou Sérgio Costa da Silva foi realizada pelos agentes da delegacia de Rodrigues Alves, coordenados pelo delegado José Obetânio, que responde cumulativamente pelas delegacias de Rodrigues Alves e Mâncio Lima.

Conforme narrativa do delegado, o acusado assim que matou o sobrinho fugiu para o Estado de Rondônia, e quatro meses depois retornou à comunidade para ameaçar de morte as testemunhas do caso.

“Assim que ficamos cientes de que o suspeito teria retornado à comunidade e que estava ameaçando as testemunhas e os moradores da pacata comunidade, reunimos uma equipe, e em pleno domingo, realizamos a prisão desse indivíduo”, disse José Obetânio.

No momento da prisão, o homem portava uma arma de fogo, tipo espingarda .36, com alguns cartuchos intactos. “Diante desse novo fato, foi feito o flagrante do suspeito por porte ilegal de arma de fogo”, reiterou a autoridade policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =