Polícia prende líder de facção criminosa suspeito de ser o mandante de crime bárbaro

Nesta terça-feira, 22, policiais da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado, composta pela Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar, deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara da Comarca de Plácido de Castro.

As investigações tiveram início em 26 de maio, oportunidade em que um cadáver do sexo feminino foi localizado no aterro sanitário do município de Plácido de Castro.

De acordo com o apurado a vítima foi abordada por três homens já identificados e obrigada a entrar em um veículo. Em seguida, foi levada ao local da execução, onde foi estabelecido uma espécie de “Tribunal do Crime”.

Um vídeo foi gravado e nele a vítima confessou a seus algozes que havia informado as ações do grupo criminoso a terceiros.
Em razão disso, foi determinada a sua morte.

O indivíduo preso na ação de hoje foi apontado como o mandante do homicídio e ocupa posição de liderança na facção criminosa.
O crime foi cometido com extrema violência, já que a vítima foi colocada de joelhos e esfaqueada por cerca de cinco minutos.

Após o crime, os executores foram presos em flagrante, porém, o mandante e líder conseguiu fugir.

O trabalho de inteligência desenvolvido pela FICCO resultou na localização do autor em uma casa do bairro Calafate, Rio Branco, onde ele foi preso na data de hoje na posse de uma arma de fogo.

A ação contou com o apoio do GPI (Grupo de Pronta Intervenção) da Polícia Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − dois =