Pronto Socorro reorganiza estrutura após denuncia

Na manhã dessa quinta-feira (23), os jornalistas Katia Oliveira e Victor Augusto denunciaram o descaso que a secretaria de saúde do estado estava praticando com os pacientes que se encontravam no Pronto Socorro de Rio Branco.

O caso foi amplamente repercutido devido as diversas pessoas que se encontravam nos corredores da instituição. Infelizmente o caso da jornalista que estava com a mãe de 75 anos e que teve um AVC não foi dado a devida importância e após a denúncia ter repercutido, deram alta para a mão de Katia sem qualquer orientação futura, informando somente que a pressão estava normalizada.

“Após a denúncia, entrei em contato com outras pessoas que conheci lá e a realidade de hoje é totalmente diferente. A moça com o tumor na cabeça já vai ser operada na segunda-feira e já se encontra acomodada. Lamento muito que preferiram me tirar dali do que conseguir um leito para minha mãe”, disse Katia.

A cena dos corredores lotados já não existe nesta sexta-feira, uma outra realidade e onde antes não havia leitos, agora remanejaram parte dos pacientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 2 =