Mototaxistas fecham rua e ameaçam fechar pontes

Mototaxistas fecharam o acesso à rua da prefeitura de Rio Branco na manhã desta quinta-feira, 14, em protesto a falta de fiscalização em cima dos “pirangueiros de aplicativo”.

Os novos irregulares são homens que realizam transporte de pessoas sem a devida permissão, sem pagar impostos e ainda se passarem como os mototaristas regularizados. Eles são sempre encontrados nas redondezas do terminal urbano e em alguns postos de combustível da cidade.

O presidente da categoria, Pedro Mourão, juntamente com colegas fecharam o acesso na tentativa de cobrar providencias da prefeitura, pois eles estão pagando e cumprindo as exigências enquanto os outros não tem autorização.

“Por diversas vezes tentamos fazer com que a RBTrans fizesse sua parte, que é fiscalizar e impedir que esses condutores irregulares venham prejudicar o nosso trabalho. Muitos de nossos colegas tem dificuldade até para pagar a documentação, enquanto eles não pagam nada. Se isso não fizer com que a prefeitura tome providencias, nós iremos fechar as pontes, fechar as principais avenidas para que levem a sério as nossas reinvindicações”, disse Pedro.

Representante do RBTrans se fez presente no ato e explicou que entende a cobrança, mas que a instituição está fazendo aquilo que cabe a instituição realizar.

“Estamos do lado de vocês, a RBTrans valoriza aos que estão dentro da lei, já os que estão em desacordo com a lei, nós estamos cobrando conforme as nossas obrigações e limitações. Não existe barreiras para o diálogo e a prefeitura vai cumprir o seu papel”, destacou.

A categoria não aceitou com muita fé as explicações, mas estará aguardando, do contrário cumprirá o que prometeu, fechar acessos até que sejam ouvidos e atendidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + quinze =