BTG Pactual assume gestão e controle da V.tal e anuncia sua nova estrutura executiva

A V.tal, maior empresa de infraestrutura de fibra ótica do país e pioneira no modelo de rede neutra fim a fim com atuação nacional, anuncia a sua nova estrutura executiva que terá Amos Genish como Presidente Executivo do Conselho de Administração e, inicialmente, também na função de CEO.

A V.tal foi criada a partir do processo de separação estrutural dos ativos de fibra ótica da Oi e teve a conclusão do processo de transferência de participação de controle para a GlobeNet e os fundos de investimento do BTG Pactual, que assumem a responsabilidade pela gestão. A Oi passa a ser um cliente relevante e acionista minoritário, porém sem qualquer participação na gestão direta da companhia e com as mesmas condições comerciais dos demais clientes.

O modelo de negócio da V.tal consiste no compartilhamento da sua rede neutra para operadoras e provedores de internet, de todos os tamanhos e regiões, que não precisam investir na construção, manutenção e evolução da sua própria infraestrutura. Eles podem se concentrar no atendimento ao cliente e na oferta de serviços, além de expandirem rapidamente para mais cidades e regiões do que aquelas onde já atuam. É um modelo também que favorece a entrada de novos players no mercado, aumentando a competição e oferecendo mais opções para os consumidores.

O executivo Amos Genish assume como CEO e Presidente Executivo do Conselho de Administração neste momento de consolidação do modelo de negócio e definição de estratégias da empresa. A V.tal tem um plano ambicioso de investimento para expansão da infraestrutura de fibra ótica e aumento da capacidade de transporte de dados de sua rede em todas as regiões do país. Como empresa de rede neutra, a estratégia da V.tal é atuar no mercado de atacado junto a operadoras e provedores de internet, oferecendo um novo modelo de negócios de compartilhamento de infraestrutura através do FTTH (Fiber-To-The-Home), além de ser uma das principais viabilizadoras da conectividade em fibra ótica para atender a demanda de 5G no Brasil.

A empresa tem também como pilar de negócios desenvolver novas soluções que vão além da conectividade, criando um grande ecossistema de parcerias visando se transformar em um hub de serviços digitais que tenham a inovação como centro das decisões.

“A V.tal possui dois grandes diferenciais competitivos: sua extensa rede neutra de fibra ótica de cerca de 400 mil quilômetros, presente em mais de 2.300 cidades do país, para atuar como infraestrutura de conectividade para o mercado de atacado e o seu posicionamento único de rede neutra fim a fim para FTTH, presente em todas as regiões do Brasil, com cobertura já disponível para contratação em mais de 16 milhões de endereços (home passed). Vamos investir para dobrar nossa cobertura de FTTH chegando a 34 milhões de endereços em 4 anos e alavancar os negócios das operadoras e dos provedores, ofertando uma internet de alta qualidade e contribuindo com a digitalização mais rápida de toda a sociedade”, afirma Amos Genish, novo Presidente do Conselho de Administração e CEO da V.tal.

O posicionamento de rede neutra da V.tal para o serviço FTTH permite o compartilhamento de uma mesma infraestrutura de fibra já instalada, para atender operadoras e provedores de internet de todos os portes e regiões, através do aluguel dessa rede que os permite levar o serviço de banda larga em alta velocidade até a casa do usuário final, seja um domicílio ou uma empresa.

Para garantir a neutralidade da sua operação, a V.tal terá as melhores práticas de governança que serão garantidas, entre outros, por um Comitê de Neutralidade.O Comitê se reportará ao Conselho de Administração da empresa e será composto por três membros independentes. Suas principais competências serão resguardar o caráter confidencial de informações comerciais sobre os clientes e propor diretrizes estratégicas para a governança corporativa em assuntos relacionados à neutralidade das operações, além de acompanhar a adoção de práticas comerciais e operacionais neutras e não-discriminatórias de acordo com as melhores práticas de mercado e seguindo as normas e regulações da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). 

Com a conclusão do processo de venda e transferência de controle para a GlobeNet e os fundos de investimento do BTG Pactual, a V.tal também inicia o processo de incorporação da GlobeNet, que acontecerá em alguns meses. A V.tal será a detentora da parcela dos ativos que compõe os cabos submarinos e data centers da empresa, além de se tornar a controladora das subsidiárias internacionais em outros países.

A diretoria executiva de C-level (ou de primeiro nível) da V.tal será composta por 11 áreas, que serão lideradas pelos executivos: Pedro Arakawa (Negócios de Infra para Varejo), Bento Louro (Negócios de Wholesale), José Cláudio Gonçalves “Naval” (Novos Negócios & Inovação), Marcelo Souza (Operações), Cícero Olivieri (Engenharia), Sandro Simas (Tecnologia), José Miguel Vilela (Finanças), Eduardo Silveira (Estratégia), Marcelo Del Vigna (Jurídico), Maria Cláudia Cunha (Governança, Risco e Compliance) e Anna Karla Ribeiro (Pessoas & Cultura), todas se reportando ao CEO.

A V.tal emprega mais de 3 mil colaboradores diretos em todo o Brasil e tem sede em São Paulo, no bairro da Vila Olímpia. A empresa também possui escritório no Rio de Janeiro e tem planos de expansão para ter bases em outras capitais do país.

Mini Bios dos executivos V.tal:

Amos Genish – Presidente Executivo do Conselho de Administração e CEO

Amos Genish é sócio sênior do BTG Pactual desde 2019, Presidente Executivo do Conselho de Administração e CEO da V.tal, empresa da qual o fundo de private equity do Banco é o acionista majoritário. Genish vinha atuando como Head of Digital Retail do BTG Pactual; e antes disso, cofundou e atuou como CEO da empresa brasileira de telecomunicações GVT, entre 1999 e 2015, que foi vendida para a Telefónica em 2014 por mais de US$ 9 bilhões. Após esta transação, Amos foi nomeado CEO da Telefónica Brasil até o final de 2016. De 2017 até o final de 2018, atuou como CEO Global da Telecom Itália e, também entre 2017 a 2019, esteve no Conselho de Administração da Holding do Itaú Unibanco S.A..

Pedro Arakawa – Vice-Presidente de Negócios de Infra para o Varejo

Graduado em análise de sistemas e pós-graduado em Engenharia de Marketing, tornou-se executivo aos 25 anos, tendo ocupado as posições de Chief Marketing Officer, Chief Client Officer, Chief Sales Officer, Chief Revenue Officer e Diretor Executivo de Risk Management. Arakawa tem mais de 22 anos de experiência no setor de Telecom, com passagens pela Telefônica, Vivo, Oi, Nextel e Claro.

Bento Louro – Vice-Presidente de Negócios de Wholesale

Bento Louro é formado em economia pela Universidade Cândido Mendes e possui especializações pela Columbia Business School e Insead, e mestrado pela Thunderbird School of Global Management. Já ocupou posições de liderança nas maiores operadoras de telecom brasileiras como Nextel, Vivo e Oi, além da AT&T nos EUA e na América Latina e em diversos grandes projetos de M&A como consultor.

José Cláudio Gonçalves (Naval) – Vice-Presidente de Novos Negócios e Inovação

Graduado em Engenharia de Produção Mecânica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), com MBA em Logística pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ), MBA Executivo pela Fundação Dom Cabral (FDC) e Pós-MBA Executivo pela Kellogg School of Management, Naval construiu sua carreira no mercado de telecomunicações e atuou durante mais de 20 anos na Oi, sendo os últimos 10 anos como CTIO.

Marcelo Souza – Vice-Presidente de Operações

Formado em Engenharia Eletrônica, MBA pela UFRGS e Certificação em Liderança e Gestão pela Universidade de Wharton, tem 25 anos de experiência no setor de telecomunicações. Possui experiência em Gestão de processos de integração e sinergia da área de Field Services, tendo liderado o processo entre Vivo e GVT / Vivendi. Vivência em gestão de startups, desenvolvendo alianças estratégicas com órgãos públicos e empresas do setor privado. Pioneiro na criação e implantação de modelos de industrialização do deployment de fibra no país, que se tornou referência na América Latina e Espanha.

Cícero Olivieri – Vice-Presidente de Engenharia 

Formado em Engenharia Elétrica pela CEFET, com especialização em Distribuição de Sistemas pela PUC Paraná, Gestão de Finanças pela Universidade de Wharton e MBA de Alta Dirección do IPADE-México. Executivo global de telecom fez sua carreira nas maiores operadoras fixas e wireless da América Latina, como GVT, Oi, TIM e American Tower. Possui profundo conhecimento técnico e expertise para gerenciar custos, estabelecer parcerias estratégicas, liderar projetos complexos e gerenciar equipes.

Sandro Simas – Vice-Presidente de Tecnologia

Formado em Engenharia da Computação pela UNICAMP, com MBA na ESPM e Programa Global de Gestão na IESE Barcelona. Passou por empresas como Accenture, GVT, Telefônica e Unidade de Varejo do BTG Pactual, liderando iniciativas de integração com foco em comunicações, alta tecnologia, operação de rede fixa, além de liderar transformação digital e implementar metodologia ágil em TI.

José Vilela – Vice-Presidente Financeiro

Formado em Economia pela PUC. Sócio do BTG Pactual desde 2008, foi Head de M&A, Finance, e diretor Estatutário de Relações com Investidores do banco. Anteriormente foi CFO da Prime Oil and Gas na Holanda.

Eduardo Silveira – Vice-Presidente de Estratégia

Formado em Engenharia, Eduardo Silveira tem mais de 10 anos de experiência em M&A, consultorias estratégicas e cargos executivos, trabalhando com executivos C-level e equipes de investimento no Brasil, LATAM e EUA.  Ocupou cargos na OC&C Strategy Consultants, ADVISIA Investmentos e GlobeNet Cabos Submarinos.

Marcelo Del Vigna – Vice-Presidente Jurídico

Formado em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos e mestrando em Direito Internacional Privado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Possui mais de 15 anos de experiência profissional em empresas com diferentes estruturas societárias do setor de tecnologia (Algar e IHS – investida do Goldman Sachs) e Saúde (Alliar – Investida do Pátria). Atuou frente a uma variedade de temas da área jurídica e principalmente apoiando em M&As, direito societário, contratos, direito tributário, IPO entre outros temas.

Maria Claudia Cunha – Vice-Presidente de Governança, Risco e Compliance

Formada em Administração de Empresas pela PUC de Minas Gerais, é pós-graduada em Finanças pela PUCPR e possui MBAs pela Business School São Paulo e Boston College; Embry-Riddle Aeronautical University e na Trevisan Associados (em curso). Tem 17 anos de experiência em auditoria, SOX, governança e compliance, com atuação internacional em trabalhos de auditorias em diversos países. Já trabalhou em empresas como Deloitte, Fiat Chrysler Automóveis, Whirlpool e Azul Linhas Aéreas.

Anna Karla Ribeiro – Vice-Presidente de Pessoas & Cultura

Formada em Engenharia Química pela Universidade Católica de Pernambuco, com especialização em matemática financeira pela FESP e inovação de produto pela Mackenzie. Atua na área de Recursos Humanos e Gestão há mais de 20 anos e nos últimos 10 anos em posição de alta gestão. Passou por empresas como: Ambev, Gerdau – Villares, Iguatemi, Dr. Consulta e Coteminas.

Sobre a V.tal 

Primeira empresa de rede neutra de fibra ótica fim a fim do mercado brasileiro, com posição única no território nacional, a V.tal oferece soluções de FTTH, além de serviços de atacado para operadoras e provedores de internet de diferentes portes e regiões de todo o país.  A V.tal possui mais de 16 milhões de casas passadas disponíveis para contratação de internet de fibra ótica no Brasil com plano de expansão para 32 milhões de casas passadas em 2025. Detentora da maior infraestrutura de fibra ótica do país, a rede da V.tal possui alta capilaridade com cerca de 400 mil km de fibra ótica, chegando a 2,3 mil cidades.